Noiva com cabelo crespo inspirou mundo e fala transição capilar : Nanda Cury

adv730

adv730

Noiva com cabelo crespo que inspirou o mundo fala sobre sua transição capilar

Nanda Cury

Criou o Blog das Cabeludas, Crespas e Cacheadas (2008) e é uma das idealizadoras da Marcha do Orgulho Crespo (2015). Ambas iniciativas tem objetivo de empoderar mulheres a aceitarem seu cabelo natural. É bacharel em Relações Internacionais, Vegana e especialista em Marketing Digital.

29 de junho de 2016

Entrevistamos a noiva que inspirou milhares de pessoas depois que as belíssimas fotos de seu casamento, uma celebração ao cabelo crespo natural, viralizaram na internet do mundo todo.
Foto: noivas e madrinhas com cabelo crespo. Cortesia de Nakyia Whitty

Noiva e madrinhas usaram o cabelo crespo natural

Getting ready… #maidofhonor #matronofhonor #beachwedding #hardrockpc #blackloveweddings

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Nakyia Whitty e Javonte Davis se casaram dia 11 de junho e as fotos da festa de casamento que fizeram em Punta Cana, uma praia paradisíaca da República Dominicana, são inesquecíveis, a altura de um casamento épico, que não apenas superou as expectativas da noiva, mas que entrou para a história dos casamentos mais inspiradores de todos os tempos.

Foto: Nakyia Whitty e Jay Davis. Cortesia de Nakyia Whitty

As fotos da noiva e de suas madrinhas, usando o cabelo crespo, foram reproduzidas em diversos sites como BuzzFeed e Huff Post, entre outros.
Foto: noivas e madrinhas com cabelo crespo. Cortesia de Nakyia Whitty

Pudemos notar, em nossa página no Facebook, que mulheres marcavam seus noivos e futuras madrinhas, dizendo que quando se casassem queriam exatamente aquele penteado e madrinhas com cabelo crespo e volumoso. É uma mudança de paradigma importante, considerando que quando pesquisamos o termo “black bride” (noiva negra) no Google aparecem várias noivas com cabelo liso.

Foto: Nakyia Whitty é maquiada por uma de suas madrinhas.

Nakyia, que já foi professora infantil e que hoje trabalha no mercado financeiro, conversou com a gente por e-mail sobre o seu processo de transição e empoderamento e como assumir o cabelo crespo contribuiu para que ela substituísse a palavra medo por amor e autoconfiança:

Nakyia Whitty, cabelo crespo e autoconfiança

Não tem muitas fotos no seu Instagram antes de você fazer a transição..
Eu não tenho muitas fotos daquela época. Não tirava mais fotos porque tinha vergonha de mostrar meu cabelo. Isso é triste. Mas mostra o quão insegura eu era.

17 and under edition… #tbt

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Throwback Thursday! @southern_bell4 Got me reminiscing. #labordayclassic08

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Por que decidiu fazer a transição capilar?
Comecei minha jornada de aceitação do cabelo natural no fim de 2012. Meu cabelo tinha parado de crescer e começou a quebrar devido as agressões químicas constantes. Eu ainda queria alisar e queria ao menos que meu cabelo ficasse comprido e saudável o suficiente para relaxá-lo de novo.

Way way back when. Way back when. Then. Now.

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Optei por fazer a transição gradual e deixei meu cabelo crescer naturalmente (sem cortar a parte que estava com química) por seis meses, só então fiz o big chop. No início era um “black” pequeno e foi bem complicado para mim, tinha a maior dificuldade em desembaraçar. Eu apenas lavava e finalizava com “eco styler gel” (gel finalizador). Estava pensando seriamente em voltar a relaxar. A única coisa que provavelmente me impediu foi o fato de que estava curto demais.

Quais foram as YouTubers que te inspiraram?
Sinceramente, não tinha inspirações no YouTube. A maioria das youtubers tinha uma textura capilar diferente da minha. Eu seguia todas as dicas delas, mas nunca conseguia os mesmos resultados, pois meu cabelo não define facilmente.

Eu tenho cabelo cacheado na nuca e nas laterais e o resto é tudo crespo. Testei muitos produtos diferentes na base de tentativa e erro e chegava a gastar mais de US$ 100 em produtos cada vez que ia para uma loja de cosméticos.

…Because Flo, the fro, was cute for me today! 🙂 #newproduct #lottabody #nofilter #natural #fluffy #twistout #bighair #goodnight

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Up close and personal… because im feeling this lip color! Random thought…. Did yall know I used to HATE that I was dark skinned growing up? I thought it was sooo ugly… I was teased in school up to high school. I specifically remember one of my aunts greeting me as a child saying, “There she is… black and ugly.” Never forget it… It took until around 19-20 to fully come into my own and not be ashamed of how God made me… So cheers to everyone young and old, but more specifically cheers to the one’s who struggle or struggled with self esteem issues in any way. God makes no mistakes and we are all created in his image!!! Also, cheers to the slowest week in history. Happy Hump Day!! #mac #nofilter #blackISbeautiful

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Lí que você recebeu muito apoio do seu marido..

Meu marido me apoiou muito nesse processo. Ele segurou a barra, me incentivou a continuar, me ajudou a arrumar o cabelo, assistiu aos vídeos comigo, tudo. Ele foi incrível. Até que chegou a um ponto eu aceitei meu cabelo e passei a amá-lo!

February 13, 2015. #engaged #hotelicon #penthousesuite #houston #downtown #valentineseve #fiancee #surprised 🙂 @dr_jay

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Happy Thanksgiving!!! Eat well! We look as if we got a head start! Lol! That diet…. tomorrow… yea, tomorrow. #thanksgiving2015

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Como foi assumir o cabelo crespo no trabalho?

Eu tinha medo de usar meu cabelo solto. Sentia medo de como as pessoas iriam olhar para mim. Achava que não era profissional. Eu usava aplique e tranças.

Just…. exploring.

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Até que um dia resolvi encarar e fui trabalhar com meu cabelo solto. Estava com medo de ser vista. Mantive minha cabeça erguida, acima das nuvens. Simplesmente ignorei os olhares, os comentários e fui apenas eu mesma. Até que comecei a perceber que alguns dos olhares e comentários eram de admiração e apoio.

Before work… ‘ It be like that sometimes.’ #naturalhair #fro #thanksgivingeve

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Empoderamento e autoestima

Em quatro anos desse processo eu não poderia me importar menos com a opinião das pessoas sobre o meu cabelo. E eu amo isso. Ele é lindo, ousado, uso assim em todos os lugares e ocasiões. Cabelo natural é versátil. É também uma escolha mais saudável. Quando você se pergunta.. Quando foi que alisar o cabelo se tornou necessário e por quê? Para ser aceita? Para se enquadrar no padrão? Por que o nosso cabelo era indomável ou desalinhado? Enfim, esta é uma decisão pessoal, de cada um e eu estou simplesmente adorando ser como Deus me criou. Com o cabelo livre de química, saudável, e forte !! Ouse ser você!

Fro love. Period.

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Concordo quando você diz que é uma decisão pessoal aceitar o cabelo natural, mas por outro lado, somos seres sociais e nossas escolhas são profundamente influenciadas pelo meio em que convivemos e que nos rodeia, então a razão pela qual a maioria das pessoas alisa o cabelo é para se enquadrar nos padrões de beleza e às expectativas sociais.

Back in the gap. I think this is too cute! #TXSU #Motion

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em


Eu realmente concordo. É assim que tudo começou, tentamos nos enquadrar num padrão… Costumo ser cuidadosa quando falo sobre esse assunto de cabelo natural, pois mesmo agora tenho recebido alguns protestos por parte de mulheres que ainda preferem relaxar seus cabelos. É como se as que assumem seus cabelos crespos naturais fossem uma espécie de seita, tentando convertê-las. Procuro fazer uma abordagem mais sutil e científica, mostrando que as químicas não são saudáveis para o nosso cabelo, na esperança de que um dia elas comecem a enxergar e a perceber que esse processo vai muito além de ter um cabelo saudável.

Comecei minha transição para ter um cabelo mais saudável e não imaginava o tanto que iria aprender, descobrir e aceitar sobre quem eu sou. Esse é um dos principais motivos de eu querer uma festa de casamento para celebrar o cabelo crespo! Quero mostrar a beleza natural das mulheres negras em toda a sua glória e força. Hoje, sinto que muitas de nós têm medo de usar os cabelos soltos por conta do que os outros vão pensar. Existem amarras invisíveis sobre os nossos cabelos que precisam ser soltas. Nós nunca devemos temer ser como Deus nos criou … Algumas pessoas se acostumaram com a “praticidade” de usar química (no cabelo) porque é “mais fácil” de lidar. Cada um na sua, mas é muito mais do que isso para mim …

Transformation Tuesday… #bighair

Uma foto publicada por Naturally_Nakyia (@naturally_nakyia) em

Aceitar nosso cabelo natural é resgatar a nossa essência. É isso que fica claro nessa colagem que a Nakya postou acima.

Parabéns, Nakyia, pelo lindo casamento e pela sua iniciativa de passar pela transição capilar! Agradecemos a oportunidade de entrevistá-la e desejamos muitas felicidades e que você continue sendo uma inspiração, apenas por ser o quem é.

Ao percorrer o Instagram da Nakyia, para buscar imagens para essa matéria, encontrei este desenho, feito por um aluno, na época em que era professora, antes da transição. A criança vê a essência, é por isso que a professora do desenho tem o cabelo crespo na raíz.

adv160

adv160

Pinterest

Top